REGRAS PARA SE FAZER O POEMA VARANO

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

BANAL

Vivemos nós num mundo de ilusões,
Entre o prazer e dores bem reais,
E entre os impulsos fortes das paixões,
A nos fazerem menos racionais...

Valorizando coisas tão banais,
Vivemos entre sonhos e abstrações,
Não vendo em plena vida os apagões
E nos fazendo mais irracionais!

É o cada um por si que prevalece,
No jogo de ambições que a vida traz,
Desde o começo até o seu final!

..........................................................
Mudemos, já, esse mundo, onde mais cresce
O distanciamento à plena paz
E a valorização do que é banal!...

Leave your comments
Deixe seu comentário